Faça furos nos buracos do coco e retire a água. Com a ajuda de uma faca e um martelo, fure o coco na metade da circunferência e depois recorte toda a casca. Uma alternativa interessante é uma serra pequena de mão para separar as metades. Retire, então, toda a polpa, lave e preencha a casca do coco com terra adubada. Plante então mudinhas de suculentas e regue uma vez por semana.

Ideia da Villart Design.

Você sabia que, na natureza, aquele coco delicioso que você toma pra se refrescar, demora 10 anos para se decompor?
Felizmente ele já é bastante usado em reciclagem.
Os principais usos da casca de coco são:
o substrato agrícola (pó de coco, de grande aceitação na Europa para uso em estufas), fibras (usadas na confecção de solados de sapatos; encostos e bancos de veículos; misturas asfálticas; vasos, placas e bastões para plantas e artesanatos diversos); cobertura morta para a agricultura; fonte alternativa de energia (briquetes – pequenas toras compactadas do resíduo com alto poder calorífico – que seriam considerados “carvão ecológico” substituindo óleo combustível e madeira em fornalhas, lareiras etc; líquido da casca do coco verde (LCCV), gerado com a prensagem do coco que tem potencial farmacológico, na fabricação de adesivos, como fertilizante e na geração de biogás.
Com as ideias e as pessoas disposta a reciclar, isso está mudando.
Fiz uma pesquisa e arrumei algumas imagens que estou apresentando para vocês. Espero ajudar com essas dicas:

Ajude seus amigos, compartilhe saúde!